Trabalho da MAPAS é reconhecido pela ONU

A Assembleia Geral das Nações Unidas recebeu o relatório da plataforma Harmony with Nature sobre as ações promovidas por líderes e instituições de todo o mundo que tem atuado de forma eficiente no encaminhamento do reconhecimento dos Direitos da Natureza em suas esferas de atuação.

A MAPAS é destacada em várias oportunidades do relatório e agora segue o trabalho, buscando novos parceiros e aprofundando o desenvolvimento dos projetos já iniciados.

O relatório destacada o trabalho da MAPAS com a aprovação da primeira lei pelos Direitos da Natureza em Bonito:

“25. On 21 December 2017, the rights of nature were recognized for the first time under Brazilian law in an amendment to the Organic Law of the municipality of Bonito, in the state of Pernambuco. That development was followed by the adoption of legislation on the rights of nature by the municipality of Paudalho on 25 April 2018, and municipalities in other states are following suit. Such legislation has been enacted through close collaboration between legislators and the NGO “MAPAS” (Métodos de Apoio à Práticas Ambientais e Sociais), which has brought together local communities and environmental and municipal authorities interested in the rights of nature”.

Em outro trecho destacada a realização do 2º Fórum Internacional pelos Direitos da Mãe Terra:

“80. The second International Forum for the Rights of Mother Earth, attended by approximately 1,000 people, was held in São Paulo, Brazil, on 3 and 4 June 2018. The Forum was organized through collaboration between the NGO MAPAS, the Secretary of Environment of São Paulo and Councilman Gilberto Natalini, author of the proposed law in which the rights of nature are to be recognized in the city of São Paulo. Experts on legislation on the rights of nature and new constitutionalism, government officials, religious and spiritual leaders and representatives of indigenous people expressed support for the new paradigm establishing rights of nature.”

Confira o report em sua íntegra aqui.

Agora é tempo de comemorar o êxito desse caminhar que é reflexo de importantes sinergias aproveitadas pela união com as demais instituições peregrinas do caminho. Esse reconhecimento é nossa forma de agradecer a todas as pessoas, ONGs e empresas que estiveram junto durante esse ano de trabalho.

20181011_171505