Mapas para a Harmonia com a Natureza

O que são os direitos da Natureza?

Os Direitos da Natureza nasceram de um movimento global desde a promulgação da Constituição Federal do Equador em 2008 e propõem uma mudança paradigmática para as ciências jurídicas e para a sociedade como um todo. Esta mudança paradigmática propõe a transição de uma visão antropocêntrica para uma ecocêntrica ao defender uma perspectiva relacional mais harmônica entre as pessoas e a Natureza; uma perspectiva que rompe com o modelo utilitarista no qual os humanos consideram a Natureza mero recurso apropriável e na qual os seres humanos e não humanos se reconhecem como membros de uma mesma comunidade Planetária.

Direitos-da-mae-terra

Quais são os benefícios dos direitos da Natureza?

Defensor Climático e Ambiental

o Brasil ocupa uma posição central no debate climático e ambiental de forma mais ampla. Como detentores e, em teoria protetores, da maior floresta tropical e mais rica biodiversidade na Terra, da matriz energética mais limpa do planeta e a escala continental do país, boa parte dessa liderança deveria caber a nós. Sobretudo quando são abordados temas basilares tais como produção agrícola sustentável, gestão de solos e restauração ecológica de paisagens.

Sociedade Estruturalmente Ecológica

Com as crises ambientais cada vez mais frequentes, as reações do poder público e privado soam insuficientes. Longe de ser prioridade para muitos governos, as respostas a problemas ambientais são lentas, tardias e pontuais. Pouco podem diante da natureza transnacional e diluição no tempo e espaço de crises ambientais. Surgem quando a corda estoura, quando a represa ameaça romper (e, às vezes, nem o rompimento de uma ou duas barragens de rejeitos tóxicos com a mortandade de centenas de pessoas e incontáveis vidas da biodiversidade, é suficiente).

Mudança do Paradigma no trato com a natureza

A MAPAS constata uma gritante desconexão entre a sociedade moderna industrial capitalista dos outros seres que compõem a Natureza, entidades da fauna, da flora e até mesmo daqueles que compõem o reino mineral. Essa desconexão, talvez umas das principais razões da crise ambiental, gera uma alienação perante a vital importância que os ecossistemas detêm para todas as sociedades humanas. O abismo cultural entre os seres humanos e a Mãe Terra nos afasta da responsabilidade dos efeitos de nossas escolhas como indivíduos e grupos humanos.

Promover, Propagar e Integrar Princípios, Valores e Ensinamentos dos Direitos da Natureza

O Movimento Direitos da Natureza, iniciativa da MAPAS, acredita firmemente que, a fim de endereçar de fato a questão ambiental, é necessário promover, propagar e integrar os princípios, valores e ensinamentos dos direitos da Natureza e de todo o ecossistema de povos dos quais ele deriva. Eis, portanto, a justificativa desse projeto.

nossas causas

Advocacy

Consiste em ações de articulação política junto a atores diversos do poder público e sociedade civil para integrar os princípios dos Direitos da Natureza nas leis de municípios, estados e a nível federal.

Escola do Bem Viver

O projeto central da Escola do Bem Viver é a Escola da Natureza onde serão desenvolvidas as atividades relativas à promoção da economia solidária, contemplando, de início, os participantes diretos do projeto na área e, num segundo momento, toda a comunidade local.

Embaixadores da Natureza

O projeto Embaixadores da Natureza é um programa educativo feito junto aos estudantes de escolas públicas e privadas com metodologia inovadora. Tais jovens são estimulados a serem co-criadores de um modo de vida.

Palestras

Outro pilar desenvolvido pelas MAPAS visa replicar a lógica do projeto Embaixadores da Natureza junto ao público adulto ("Modelo Sênior"), apresentando os pilares dos Direitos da Natureza e suas implicações.

+ de 0 anos
no terceiro setor
+ de 0 pessoas
mobilizadas no Brasil e no mundo
+ de 0 países
de atuação

Conheça a MAPAS

A mapas é uma organização internacional que promove caminhos para o bem viver.

 

Para a mapas, consiste na multiplicação e aprofundamento do conhecimento sobre um modo de vida em harmonia com a Natureza, entendendo que todos os seres humanos e não humanos fazem parte da Natureza.

 

Fundada em 2004, a mapas possui a qualificação de OSCIP (Organização da Sociedade Civil de Interesse Público), o que a torna uma entidade com legitimidade para desenvolver atividades socioambientais voltadas ao resgate do bem viver do ser humano.

 

A nível internacional, a mapas cultiva forte vínculo com a ONU, fazendo parte da iniciativa Harmony with Nature – um programa das Nações Unidas que integra centenas de especialistas de diversas disciplinas, no tema dos direitos da Natureza. Em 2016, a mapas, por meio de sua diretora Vanessa Hasson, que faz parte deste seleto grupo de experts, participou da elaboração de um relatório, que subsidiou a Assembleia Geral da ONU, para encaminhamento da aprovação de uma Declaração Universal dos Direitos da Mãe Terra.

MAPAS na mídia

Desde 2015, a mapas faz parte da arena de debates Interactive Dialogues of the General Assembly, encontros anuais da iniciativa Harmony with Nature, que prepara as principais reuniões da Assembleia Geral da ONU.

ONU

Na Semana do Meio Ambiente, SP promove ações de conscientização. Em prol do Dia Mundial do Meio Ambiente, celebrado em 5 de junho, Estado tem iniciativas voltadas à sustentabilidade e preservação

Governo do Estado

mapas busca resgaste do bem-viver do ser humano. Apresentação na sede da ONU em Genebra.

Revista Fórum Brasil Gestão Ambiental

Diga Sim para os Direitos da Natureza